Boletim Arte na Escola

Na cerimônia de entrega do "Oscar" da arte-educação (a comparação com a premiação do cinema foi feita por dois premiados), realizada no último dia 26 de novembro, no Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, os arte-educadores revelaram como o prêmio impactou nas suas atuações profissionais.

Sirlene Felisberto Rodrigues, de Londrina, no Paraná, vencedora na categoria Ensino Fundamental II, contou que pretende ajudar a criar um grupo de estudo no Polo do Arte na Escola na Universidade Estadual de Londrina, onde já fez dois cursos. "Quero criar um curso sobre portfólios", afirma.

Mario Santiago, de São Paulo, ganhador na categoria Educação de Jovens e Adultos – EJA, disse que o prêmio o fez refletir sobre os seus projetos. "Nossa região é muito carente de cultura. E este reconhecimento do Arte na Escola me fez pensar em criar um grupo de teatro na escola", disse.

Maria da Paz, de Santa Rita do Sapucaí, em Minas Gerais, premiada na categoria Ensino Fundamental I, e Diana Valverde, de Salvador, vencedora no Ensino Médio, pretendem estudar ainda mais “A premiação me levou a querer fazer um mestrado a partir deste projeto”, relatou a professora mineira. Já sua colega da Bahia está iniciando o doutorado, estudo que decidiu começar estimulada pela conquista da premiação. "Estou na correria para o doutorado", afirmou.

Marilene Alves, de Vitória, vencedora na categoria Educação Infantil, disse que ganhar o prêmio foi a confirmação de que está no caminho certo e fazendo o melhor para as crianças. "Pretendo continuar apresentando aos alunos todos os meios possíveis para que conheçam, dominem, valorizem e vivam experiências artísticas", afirmou.

Novidades e recorde de inscrições

Novidades marcaram a cerimônia de premiação neste ano. A apresentação do novo portal do Instituto Arte na Escola (www.artenaescola.org.br), com uma identidade visual reformulada e a outra os apresentadores: ao invés dos tradicionais mestres de cerimônia, quem comandou a festa foram dois professores premiados em edições anteriores. Juliana Carnasciali se apresentou "vestida" com seus desenhos, cantou e declamou; e Jacson Silva Matos, “vestido” com seus poemas, apresentou o espetáculo “Cavalo Nóia”, seu projeto que virou uma manifestação cultural local e hoje percorre as ruas da Vila Missionária, na zona sul de São Paulo. A noite também contou com uma amostra da exposição EcoArt, que deu origem ao primeiro material educacional sobre arte e ecologia produzido pelo Instituto. Este ano, comentando os projetos vencedores, numa participação especial, o Prêmio contou com um nome que é referência em educação corporal, dança, direção teatral e coreografia: Ivaldo Bertazzo. Assista ao seu depoimento.

A consolidação do Prêmio Arte na Escola Cidadã como a principal avaliação do ensino de artes no Brasil aparece nos números. Em 2012, mais uma vez, foi registrado um recorde de trabalhos inscritos. Ao todo, foram apresentados 677 projetos, um aumento de 10% na comparação com a edição anterior.

Para a presidente do Instituto Arte na Escola e da Fundação Iochpe, Evelyn Ioschpe, o prêmio é também uma avaliação do trabalho do Instituto. "A inscrição de 677 projetos, todos documentados, é uma vitória. Para nós, o prêmio é também uma autoavaliação”, disse.

Este ano, os professores premiados receberão R$ 10 mil e as escolas, um computador e uma máquina fotográfica digital, além de uma caixa com 30 documentários do acervo da DVDteca Arte na Escola e seus materiais educativos.

O Prêmio Arte na Escola Cidadã é uma realização do Instituto Arte na Escola e do Serviço Social da Indústria SESI-Nacional e conta com o patrocínio do Bradesco, por meio da Lei de Incentivo à Cultura.

Comentários Deixe o seu comentário

  • Nenhum comentário foi encontrado para o conteúdo acima.

Deixe o seu comentário

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório.




Ainda nesta edição

Ediçao #67 - Dezembro 2012

Boletim Arte na Escola

Ediçao #67 - Dezembro 2012

Visualizar esta edição Baixar esta edição em PDF

O Boletim Arte na Escola é uma publicação da rede Arte na Escola, produzido com o patrocínio da Fundação Iochpe.

ISSN 1809-9254
Instituto Arte na Escola
Alameda Tietê, 618 - Casa 3
CEP 01417-020, São Paulo, SP Fone (11) 3103-8088
contato@artenaescola.org.br

Conselho editorial
Evelyn Berg Ioschpe, Helânia Cunha de Souza Cardoso, Erinaldo Alves do Nascimento, Silvia Sell Duarte Pillotto
Editora
Silvana Claudio
Jornalista responsável
Fábio Galvão MTB 20.168/SP
Redação
Fábio Galvão e Cecília Galvão (CGC Educação)
Projeto gráfico
Zozi