Boletim Arte na Escola

Evelyn Berg Ioschpe

O Instituto Arte na Escola comemora, ao longo de 2014, seus 25 anos bem vividos em prol do ensino da arte. Nesta edição do Boletim Arte na Escola, recuperamos a história das mídias por meio das quais levamos arte de qualidade a milhões de alunos, Brasil afora. Sempre acreditamos que só se ensina arte com arte. Que arte é conteúdo e continente. Que as muitas vogas da educação artística (desenho geométrico, livre expressão, metodologia triangular, releitura, semiótica) se sucederiam sem que esse embate teórico ferisse o que de essencial o ensino da arte contempla: a percepção, a sensibilização, o conhecimento e sim, o encantamento que a inteligência pela via do sensível proporciona.
Hoje quando visito os Polos Arte na Escola que as 47 universidades conveniadas materializam em suas salas dedicadas ao ensino da arte e vejo que aquela nossa primeira videoteca se transformou em midiatecas que os professores souberam fazer crescer, em bibliotecas que compreendem as várias linguagens da arte, que professores da rede pública, mas também professores e alunos da universidade buscam como ponto de consulta, vejo conteúdo gerando conteúdo, vejo crescerem indagações e respostas que levam a novas indagações. E o ensino da arte crescendo, valentemente, em qualidade.

Ilustração: Edson LovattoEvelyn Berg Ioschpe

Comentários Deixe o seu comentário

  • Nenhum comentário foi encontrado para o conteúdo acima.

Deixe o seu comentário

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório.




Ainda nesta edição