Forum
Eduardo Bartolomeu

Por que se existe um teatro que valha a pena, ele deve nascer e brotar das crianças, nas escolas. Para que não seja um teatro vitrine, ele deve ser instrumento nas mãos de muitos.

Vamos falar sobre teatro-educação?

Mirca Izabel Bonano

Caras e Caros Amigos professores

Bom Dia!

É com muito alegria que o Instituto Arte na Escola está hoje abrindo um novo espaço para discutir o TEATRO na sala de aula. Mais uma vez por sugestão de um professor que reconhece o Fórum como uma ferramenta importante para a discussão e  a troca entre seus pares.

Convidamos para mediar este diálogo a  Coordenadora do Pólo  da Universidade Federal do Acre a Andréa Maria Favilla Lobo  que é doutoranda em educação pela UFMG na linha de educação e linguagem e Mestre em educação pela UFES, é Bacharel em interpretação teatral pela UNI-RIO e Licenciada em Artes Cênicas  pela mesma Universidade. Participou como atriz de vários espetáculos de 1980 até 2004 no Rio de Janeiro e no Espírito Santo e atuou no ensino superior na formação de professores. Atualmente é Coordenadora do Curso de Licenciatura em Artes Cênicas: Teatro da Universidade Federal do Acre e Coordenadora do Programa Arte na escola da mesma Universidade.   

Certamente a Andréa terá muito a contribuir para esta troca, mais uma vez convidem seus amigos, os professores da sua escola e tantos outros colegas que pretendemos envolver nesta descoberta e reflexão .

Bom Fórum para Todos nós!!!

Grande Abraço,

Mirca Bonano

 

Mirca Izabel Bonano

Este é o primeiro convite da Andréa a nossa reflexão!!!! Aproveitem...

 

Considerações sobre a Pedagogia do Teatro

 

O fenômeno teatral se caracteriza por agregar elementos de outras linguagens artísticas, estas diferentes linguagens estão presentes na narrativa do espetáculo e se revelam por meio de vários elementos de significação. Os diversos elementos que compõem o espetáculo tornam a leitura da narrativa cênica uma experiência singular onde as condições para esta leitura não são dadas apenas por processos de decodificação dos elementos ali presentes como num processo de “alfabetização”, mas sim a partir de um repertório que o espectador se utiliza para esta leitura se apropriando do espetáculo. Esta apropriação diz respeito à possibilidade do espectador de compreender a narrativa cênica como uma possibilidade efetiva de transposição para a vida, ou seja, o processo de apreciação artística engendra um processo de leitura de mundo e consequentemente a possibilidade de intervenção neste mundo, (Soares, 2001).  Em outras palavras, trata-se de ir ao teatro e se fazer teatro para além do entretenimento, possibilitando um estado em que as experiências com a linguagem cênica sejam  experiências educativas, ou seja, que favoreçam a produção de  olhares diferenciados para a realidade, num estranhamento característico daqueles que percebem o movimento constante e ininterrupto da  vida. Nesse sentido, compreender a experiência teatral como uma experiência educativa é sobretudo levar em consideração não só o aspecto da recepção, ou seja, assistir a um espetáculo, mas também ao fazer teatral que necessariamente não se resume a montagem de uma peça na escola.

 

 

 

REFERÊNCIAS  BIBLIOGRÁFICAS

 

 

DESGRANGES, Flávio. A Pedagogia do Teatro: provocação e dialogismo. São Paulo: Hucitec, 2006.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica,2001.

Eduardo Bartolomeu

Dioniso e nós, professores aprendizes, nos alegramos com a consideração do Arte na Escola em abrir espaço para nossas discussões.

Abraços

Fabio Wosniak

Olá a todos (as)!

fico muito contente com este debate,  sou pedagogo, especialista em Cultura e educação pela PUC/SP onde também participo de um curso sobre imaginação infantil e arte-educação.

Venho estudado bastante alguns autores, e na linha do Teatro-Educação, percebo sua atuação na Escola como um grande auxiliador do processo do desenvolvimento cognitivo,  da construção de indivíduos mais críticos e conhecedores da sua cultura. A escola é um espaço para a construção de novos sujeitos capazes de construir sua identidade, e neste enfoque o Teatro auxília em todos estes processos, e não apenas para ilustrar datas comemorativas ou exibir belas montagens para festas de fim de ano. Cabe à Escola dispertar o interesse pela descoberta do verdadeiro significado do Teatro.

Espero com este forum poder trocar mais informações com os colegas

Abços

Marisa Ribeiro Da Silva Pardini
Acho o tema muito pertinente. O teatro é um maravilhoso instrumento para a expressão e leitura de mundo. Trabalho com a Ed. Infantil e mesmo reconhecendo a facilidade de comunicação entre as crianças, não posso deixar de mencionar a introspecção que prevalece em muitos deles. As crianças têm apresentado dificuldades na fala (expressão de idéias e pensamentos), em relacionamentos interpessoais, e até posso dizer, dificuldades em defender de maneira oral seus ideais. Considero que o teatro seja de grande ajuda para solucionar estas dificuldades, o que acham?
Abraços,
Marisa Pardini
Lourdes P.de Souza Manhani

Olá!

Acho muito interessante trabalhar teatro na educação, hoje os alunos estão evadindo das escolas por desinteresse em diversos aspectos e trabalhar a arte na educação é um modelo motivador e muito eficiente na educação.

Quero receber maiores detalhes a respeito.

Parabéns pela iniciativa

Mirian Martins De Oliveira

Oi trabalho com teatro com deficientes mentais e surdos incluindo-os em agrupamentos da comunidade local. É um trabalho diferenciado e gostaria de saber se alguém tem contato com pessoas que realizem esse trabalho.

Jose Sávio De Oliveira

Olá, meu nome é Sávio e sou arte-educador numa escola municipal de Campo Grande, MS.

Gosto muito do tema teatro na educação, pois acho fundamental que ele seja trabalhado na escola, sem considerar que é um dos eixos proposto pela LDB.

Na minha escola, faço este trabalho no início do ano letivo e terminamos no final do semestre através de festival. Em 2007 faremos o VI Festival.

Tem sido muito importante para os alunos, mudou muito seus comportamentos inclusivel os sociais e culturais.

O teatro passou a fazer parte do dia a dia deles é o que acho muito legal é como eles conseguem trazer para o palco as suas histórias de família, de bairro e de vida, em fim, suas histórias de mundo.

Tenho certeza que através deste forum, vamos ter ótimas experiências e aprender ainda mais.

Abraços

Veronice Nazario Couto
estou afastada da sala de aula,(sou professora do ensino fundamental 1ª a 4ª serie) mas ,sinto que a maioria dos professores estão despreparados para trabalharem este tema .pois não sabem com  insiri-lo nas diversas atividades em que os parametros pedem.ou somente por não estarem a vontade com um tema que exija um pouco de si ou quem sabe muito,não falo "preguiça" ,mas falta de interesse de buscar algo novo para ele mesmo.É assim que sinto onde trabalho, mas plantando uma sementinha por vez quem sabe não conseguiremos montar um pequeno jardim ,onde cada flor ,se sinta que ela é tão importante ,não por seu tamanho, mas sim por seu perfume unico. abraços
Ricardo Araujo

Importante essa discussão sobre a questão do teatro com significados educacionais. Sou ator, diretor teatral e teatroeducador e minha dissertação de Mestrado em Educação foi: A Dimensão Pedagógica do Teatro - reflexões sobre uma proposta metodológica", a qual pretendo publicar esse ano. 

O ponto de partida de minha investigação são as  minhas inquietações sobre a forma como o teatro tem sido utilizado  em espaços com propósitos educacionais (escolas, ongs...) : Teatro para divertir (no sentido de reproduzir estereotipos preconceituosos para animar as festas escolares ou comunitárias); teatro para ensinar (teatro como meio de passar uma mensagem , muitas vezes reproduzindo irrefletidamente valores das classes dominantes) e o chamado Teatro social (muito difundido em projetos sociais para falar de drogas, gravidez na adolescência, capitalismo selvagem... sem aprofundamento critico dessas temáticas). Percebemos ainda, em alguns casos, um descuido com a estética teatral.

Acho que essa é uma temática que precisa ser amplamente discutida. Ter um certo cuidado com o "pedagogismo" teatral. O teatro é por si já uma ação educativa.

Ana Claudia Guien

OI a todos

Fico feliz de particiapar desse bebate.

Sou  a Ana trabalhei o ano de 2006 na ETI, oficina de atividades artisticas, na minha visão o teatro é muito importante sim para a formação do eduando desde as series iniciais, onde a vergonha ainda não prevalece, já que nas fases finais os educandos tendem a ficarem envergonhados em participarem das atividades.

O teatro tem uma participação na etica, na cidadania do educando para uma parceria com a formação de um cidadão ativo na sociedade.

Leandro Barbosa Campos

Sou fascinado pelo tema teatro-educação, fiz monografia com este tema para prevenção a AIDS e agora faço tese de mestrado na FIOCRUZ/RJ utilizando o teatro-educação no combate e prevenção a parasitoses intestinais. Gostaria de sugerir a a professora que esta na mediação deste forum e aos colegas presentes que indiquem livros e publicações nesta área.

Leandro

Rossano Silva

Concordo com o Ricardo devemos tomar muito cuidado com o pedagogismo teatral, o teatro é por si só educativo, não é necessário vincula-lo a outro tema como reciclagem, meio ambiente, prevenção as drogas. O teatro quando bem trabalhado desperta a consciência do corpo e do outro, os jogos teatrais são ótimas ferramentas para trabalhar.

Em relação ao teatro me preocupa muito as "peças infantis" que são oferecias para as escolas, muitas com uma qualidade discutível ou que tendem a ter um discurso infatilizador.

Isabel Schneider Macahdo

Na estrofe da música "Mais uma Vez" da banda Legião Urbana o verbo “Acreditar”esta conjugado no presente “Quem ACREDITA” para sermos educadores em nosso século precisamos mas do que nunca acreditar .Acreditar em nosso estudo e  trabalho,acreditar em nossas posições e opções de intervenções como sujeito,  ser integrante deste século. Creio que meu modo de ver e interpretar o mundo me conduz a acreditar e ir em busca de meus ideais bem como incentivar os que estão em meu entorno nos vários espaços de atuação que disponho e que tenho possibilidade de construir. Quando acreditamos em mudanças devemos ir em busca, investigar, ter confiança em si mesmo quando se tem uma proposta séria e urgente de mudanças transformação e para tanto a ação, com a intenção de subverter as intrigantes questões de expressão e comunicação da criança, do jovem estudante e cidadão A Sociedade tecnológica de consumo está cada vez mais voltada para as crianças e jovens,oferecendo um mundo de virtual de sonhos  estes manipulados pela publicidade comercia. Acredito como educadora que posso contribuir através de minhas práticas, mas também sei que para dar conta, demanda romper limites do nosso próprio conhecimento e ousar constituir propostas que venha somar para o crescimento do trabalho pedagógico. Minha preocupação como educadora paira no futuro de nossos educandos no que diz respeito a projetar criaturas conscientes, sem inibições para a atividade social de todas as profissões, oportunizando

o ser útil na comunicação pela palavra e pelo gesto, a todas as comunidades descobrindo-se através do "teatro educação" a intuição e expressão, conteúdo e aparência se completam com o conhecimento, a vontade e o sentimento do indivíduo criador.  Achei excelente esta proposta!!Abço  Isabel Machado(prof. de Teatro Ed.Infanil, Fundamental e Médio) Novo Hamburgo RS

Denny Furlan

Eh fascinante as experiencias proporcionadas pelo Teatro-Educacao. A riqueza e descobertas nos olhares dos alunos nos jogos teatrais.Minhas experiencias tem sido baseadas em Viola Spolin, um mix com Rudolf Laban, pois acho fundamental a consciencia corporal e o conhecimento expressivo do corpo na acao dramatica.

Sempre novas descobertas.....

3127 visualizações | 58 respostas Faça login para responder