Forum
Beloní Cacique Braga
Célia, esta necessidade de situar-se e perceber o tempo-espaço e as obras de arte, bem como os artistas surgiu entre vocês a partir de questionamento? Fico imaginando como os alunos desejaram saber em que tempo a obra foi produzida. Foi a partir da leitura da imagem apresentada por você, encontrada por eles, ou por outro contato imagético? É legal a gente saber como os outros pensam a arte.Pela lógica construída no grupo chego a despertar em mim e nos outros novas leituras e novas práticas. Aliás, quando propus este espaço o meu desejo é que nós conversássemos um pouco mais sobre o que fazemos e aprendemos em sala. Vamos continuar este papo, é tão bom!!! Abraços mineiros Beloní
Celia Maria Von Mengden Meirelles
Beloni esta turma é bastante curiosa e indagadora, e eu levo sempre para a sala de aula muitos livros e imagens sobre obras de artes. Também tenho duas caixas arquivos com reportagens de artes e assuntos gerais .Quando estava fazendo a sondagem com eles para estabelecer o projeto a ser trabalhado senti bastante confusão a respeito de relações tempo-espaço, prejudicando uma maior compreensão. Por exemplo, sobre a pintura de Van Eick, achavam que seria fotografia, tinham dificuldade de relacionar avanços ciêntíficos- tecnológicos com a arte e outros fatos históricos, ex. invenção da tinta a oleo, estudos sobre luz, arte abstrata...... Este trabalho favoreceu uma grande troca entre os alunos , a pesquisa do colega foi compartilhada em aula, eles perguntavam muito entre si. vamos continuar conversando... um abraço celia
Beloní Cacique Braga
Célia, estas questões que inquietam são as mais gostosas. Trabalhei com meus alunos sobre uma reportagem do jornal local que nos despertou muito em sala "Um olhar poético para onde ninguém olha". Daí investi na educação do olhar, foram muitas imagens interessantes produzidas.Imagine que a produção começo a partir do olhar para os bueiros utilizando a frotagge. Assim que der quero compartilhar com você e com o pessoal do fórum. Aliás onde anda a turma toda? As conversas com colegas e a troca funcionam muito bem, principalmente quando vivemos realidades tão diferentes. Estou gostando da prosa e aprendendo com você. Abração Beloní
Beloní Cacique Braga
Célia, Veja uma imagem produzida a partir do nosso olhar para os desobjetos, ou seja, aqueles que ninguém olha poeticamente. Abraços Beloní
Marileusa De Oliveira Reducino
Olá pessoal atuante do Diário de Bordo. Saudades!!!!!!! Belô um grande abraço. Eu!
Beloní Cacique Braga
Olá professores Continuamos por aqui com um enorme desejo de aprender uns com os outros. Vamos aproveitar do espaço que o site nos oferece para construirmos novos saberes sobre o ensino de Arte. Como o ano letivo continua nós também continuaremso nossas conversas arteiras. Neste semestre desejamos compartilhar mais, por isso, contamos com vocês para relatarem as atividades e discussões do ensino. Lembrem-se este é um diário de bordo da nossa viagem por uma área de conhecimento muito privilegiada. E aí o que vocês estão fazendo? Aproveitem que agora temos mais espaço para anexar as idéias. Abraços Beloní
Beloní Cacique Braga
Marileusa Conte-nos sobre suas andanças. Já terminou o mosaico a exposição dos corpos. E agora estão concluindo mais algum trabalho? Abração Belô
Flávio Bronharon
Estou estreando no Fórum e logo de cara adorando as idéias apresentadas. As propostas de trabalhos são excelentes e a paixão pelo ensino de artes, contagiante. Certamente será enriquecedor participar destas conversas. Abraços, para todos Flávio Bronharon
Beloní Cacique Braga
Seja bem- vindo Flávio Você acaba de entrar em um espaço bem interessante mesmo. Desejamos contar nossas andanças arteiras. A turma deu uma sumida e eu espero que volte logo. Enquanto isso, aproveito para perguntar sobre sua ação como professor, qual escola leciona, como é seu trabalho. Enfim... conversar sobre o cotidiano da escola e do ser professor de arte. Em minha escola, No momento, estamos terminando algumas propostas que iniciamos em julho, antes do recesso. Meus alunos de 5ª a 7ª séries são bem animados. Veja as fotos do grupo trabalhando. Abraços Beloní
Luzmari Rosa
Olá sou a Luzmari Rosa, professora de artes aqui em Curitiba no Paraná. Os professores que fizeram o arteduca estão por aqui? è um prazer fazer parte deste forum.Gostaria muito de contribuir com idéias. aguardem. Luzmari
Aurea Uchoa
Olá queridos colegas! O meu nome é Aurea,moro em Boa Vista Roraima,e gostaria tb de compartilhar a minha experiencia em arte com vcs. Hoje eu estou trabalhando com ensino médio tanto nas escolas estadual como particular Sesc. Na escola Sesc, o periodo dos alunos de estudo é tempo integral, assim a hora/aula de artes é 3 por semana.Isso, é muito bom pq facilita desenvolver atividades com projetos onde o aluno se torna o coordenador /protagonista das atividades.Lá, eu realmente consigo trabalhar com arte educação.Mais o fantasma do vestibular as vezes atrapalha,pois os alunos tem artes nas 3 séries do ensino médio. Estou desenvolvendo as aulas junto com literatura sobre modernismo,releituras de obras,palestras com artistas e arquiteto.Isso ajuda tb na escola do curso p/o vestibular. Bom na escola estadual eu tenho 13 turmas de arte e as mesmas com sociologia! Isso mesmo,para poder fechar as vz os professores tem que "pegar" outras disciplinas para fechar .Ai é uma salada !! Professores com formaçao opsta ,tenta brincar de ser professor de artes.Bom as aulas de artes na escola estadual só fica dificil mas nao é impossivel de desenvolver, primeiro eu mostro para os alunos que a arte esta no seu dia a dia. O filme O Sorriso de Monalisa é otimo nesse momento para começar a conceituar O que é arte,ou seja cada um cria o seu conceito e discutimos em sala.Gosto muito de fazer um trabalho sobre sentimentos onde eles escolhe 3 sentimento e faz a sua interpretaçao usando o material que mais se identifica.É muito legal. Bom,e ai vai....... Gente, é muito bom ter esse espaço....estou adorando. O meu e-mail novo é arteuchoa@uol.com.br Aguardo vcs por lá. e vc tb Beloní!!!! Aurea
Beloní Cacique Braga
Aurea Seja bem-vinda aqui. Puxa, você tem muito trabalho pela frente, ams tem muitas posssibilidades também. Trabalhar de maneira interdisciplinar é uma proposta desafiadora, aproveite mesmo as 3h/a, isso é uma raridade. Eu tenho apenas 1h/a de 50 minutos com cada turma a cada semana e sinto muita necessidade de conhecer mais os alunos, dedicar mais tempo para que a turma entre de cabeça nas idéias malucas que levo pra eles. Estamos nos preparando para mais uma etapa de projeto. O desafio será o suporte: caixas. Você conhece algum artista que trabalha com caixas? Já li a experiência da Ieda neste site. Vamos continuar a prosa pessoal. Abraços Beloní
Flávio Bronharon
Caro Beloní, leciono numa escola pública em Mairiporã situada numa região muito bonita da Serra da Cantareira. Lá tenho várias turmas do Ensino Fundamental (5ª e 8ª) e também uma sala do Ensino Médio. Com estas turmas trabalho principalmente com teatro, História da arte e Artes visuais. Também uso e abuso de Literatura na sala propondo leituras de poemas, cordel, quadrinhos, leituras de peças teatrais. Temos também um projeto de cinema acontecendo no Ensino Médio, onde os alunos estão desenvolvendo um curta-metragem, simples, mas muito interessante. Com este trabalho os alunos tiveram a oportunidade de desenvolver roteiros, storyboard e também encenar e planejar figurinos, cenários, etc. Mas o principal foi presenciar uma excelente escolha de tema pelos alunos, que possibilitou valiosos debates.
Beloní Cacique Braga
Olá Flávio, Só para me apresentar melhor eu sou A Beloni, sempre a turma confunde o nome.rsrsrsrsrsr Fiquei curiosa em saber como você conseguiu montar com a turma essa idéia de curta-metragem , encenação e tudo mais. Os alunos devem ter vibrado. Você organiza suas aulas priorizando conteúdos e atividades por série ou faz um projeto geral? Dê notícias , é bom saber de como outros colegas fazem novas propostas para o ensino de Arte. Um abraço Beloní
Flávio Bronharon
Mil desculpas Beloní, mas vamos lá: o projeto de curta-metragem está sendo desenvolvido pela Diretoria de Ensino da região de Caieiras com o envolvimento de várias escolas e turmas do ensino fundamental e médio. Começamos com exercícios sobre desenvolvimento de roteiros e debates sobre temas sugeridos pelos alunos. Na segunda fase, após definir o roteiro e tema, fizemos vários desenhos para pensar no enquadramento de cenas, storyboard e também demos início aos ensaios, já com os alunos atores escalados, consenso da turma. A parte mais "complicadinha" deste projeto é manejar os softwares necessários para a edição do filme, suporte que a Diretoria de Ensino está nos dando, mas veja, os programas são simples de operar e é possível encontrá-los com facilidade. No mais, é uma câmera na mão (dos alunos) e várias idéias na cabeça. Caso precise de outras informações, passo o nome dos programas e mais detalhes do projeto.
16697 visualizações | 208 respostas Faça login para responder