Forum
Claudemar Maria Das Neves Lima Merlo

O prazer de ensinar e aprender construídos a partir da arte é algo que proporciona o desinibir do processo de aprendizagem, e acreditar que ainda é possível resgatar a valorização do ensino de artes. O tema é muito interessante, pois os arte- educadores estão mais unidos na luta para ocupação do seu espaço.

bjs de claudemar

Carlos Cartaxo

Monica e demais colegas

Vejam como sentimos falta de eventos que se aprofundem na nossa profissão. Por enquanto a grande maioria dos eventos discutem a questão teórica do ensino de arte e mesmo assim ultrapassada porque as faculdades estão formando a partir  de um curriculo com base modernista, enquanto estamos vivendo um cotidiano pós-moderno. Queremos que o garoto, filho do pedreiro e/ou pintor do bairro, goste, conheça, entenda os impressionistas europeus, mas não apresentamos a ele a arte popular do seu próprio bairro, as expressões artísticas que estão em volta dele (claro que há exceções, há professores que fazem isso). Pouco de nós, professores de arte, contextualizamos o que "ensinamos" e ainda queremos que o aluno goste ("decore") de algo que não faz parte do universo dele.

Então, está na hora de uma ruptura radical. Até a LDB mudou, com a melhor das intensões, as artes plásticas para artes visuais. Mas, que artes visuais se ensinam nas faculdades e universidades. Não é a mesma artes plásticas de antigamente,  toda embasada na arte moderna?

Seria bom que o ConFAEB abordasse algum tema por esse anglo, tendo em vista que o cotidiano do aluno não faz parte da realidade do ensino de arte.

Então se o professor recebe uma formação deficiente na sua graduação, o que vai acontecer com o aluno que recebe as informações desse professor? Aqui se tem uma lacuna que cada dia se aprofunda mais.

Então Monica e demais colegas de artes, vem os colegas de Educação física e ocupam um espaço que está aberto pela nossa própria deficiência. Eu não culpo os profissionais da Educação Física, antes culpo os profissionais da minha área, no caso, a arte.

Outra questão é que há poucos cursos de graduação e pós-graduação em Ensino de Arte no Brasil. Eu mesmo aqui na Rede Arte na Escola tenho sido um defensor da luta pela abertura de novos cursos. Por exemplo: Fortaleza, que é uma metrópole referencial no Brasil, só tem uma graduação de Música e um curso técnico em teatro no CEFET. Quem ministra aulas de Artes Visuais? E o Norte do Brasil com suas dimensões continentais? E o interior do Nordeste? Que aulas de arte recebem nossas crianças dessas regiões?

Mas, acho que não devemos ficar parados reclamando, quem me conhece sabe que em João Pessoa eu abri um processo na Procuradoria da Infância e Juventude contra a Secretaria de Educação do Governo do Estado por colocar em sala de aula professores não habilitados em arte para ministrarem aulas de arte. O mesmo pode ser feito em todo Brasil. A denúncia também pode ser feita nos Conselhos Municipais e Estaduais de Educação. Assim como no Ministério da Educação. Também pode ser levada ao Ministério do Trabalho porque alguém estava exercendo uma função que não tem formação para tal.

Então, a situação é crítica mas precisamos torná-la pública, através do fortalecimento das Associações de Professores de Arte e onde não tenha essa Associação que se crie uma.

Então vamos à luta!

CC

http://carloscartaxo.multiply.com    carloscartaxo@click21.com.br

 MONICA MESQUITA escreveu:

Gente,

Realmente vejo com muita preocupação o caso de Cursos de Educação Física quererem disseminar a ideia absurda que tal curso forma profissionais ligados às áreas ARTÍSTICAS (principalmente dança e teatro), como está acontencendo em algumas cidades principalmente do interior do país.
Tem que ficar claro que cursos de educação física são ligados à área da saúde, esporte e ao lazer ligado ao esporte.
O que está acontencendo é que alguns profissionais anti-éticos da educação física querendo apenas ganhar dinheiro (inclusive com subvenções do governo nas áreas de esporte e Arte - cultura) por isso o interesse em trabalhar com as duas áreas.

Alguns profissionais e cursos de educação física estão incentivando os seus alunos e professores a trabalharem como professores de Teatro e Dança. Inclusive darem aula de dança e teatro dentro da matéria "Educação Física" nas escolas formais.


Tem que ser esclarecido que o profissional de educação física é um; e o profissional de ARTE-EDUCAÇÃO e ARTE (dança, música, teatro e artes plásticas) é outro totalmente diferente, e independente, com formações e graduações diferentes.

O QUE DEVEMOS FAZER QUANDO NOS DEPARAMOS COM TAL SITUAÇÃO? Aqui na minha cidade estamos passando por problemas deste tipo. A quem denunciar para reverter esta situação? Como exigir que os profissionais de educação física atuem com Ética, se tem todo um interesse político e financeiro por tras disso tudo? inclusive com muito lobi dentro da própria mídia.

A desculpa utilizada por alguns profissionais de educação física por estarem atuando na área de outro profissional é que  falta profissionais de ARTES, e sobra em educação física.
Isto é mais do que um motivo para o mercado se preocupar em reduzir a quantidade de profissionais de Educação Física e aumentar a demanda e formação para profissionais de ARTES  (dança, música, teatro e artes plásticas).

Monica Mesquita - monimesquita@yahoo.com.br
Acadêmica de Teatro
Montes Claros - Minas Gerais




Itamar Alves Leal Dos Santos

BUAAAAAAAAAAA...

mandei resposta para duas mensagens, no dia que o Cartaxo mandou a mensagem, e nenhuma pareceu... buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..... quero encontrar minhas mensagens, pois sou 'boba' e digito diretamente no ambiente, e nao fico com registros... buaaaaaaaaaaaaaaa (buaaaaaaaaaaa....)

Cartaxo, já estou aqui em Floripa.

Abraços

Yta

(socorro Monica, ache por favor minhas mensagens)

Ivone Rizzo Bins

Infelizmente não posso comparecer, pois estou trabalhando na Bienal do Mercosul até dia 18 de Novembro. Tenho visto muitos professores de artes sem espaço nas escolas, com um potencial incrível...todos temos que aprofundar nossos estudos, discutir assuntos referentes às artes, todas as linguagens, e mais do que nunca ampliar o ensino da arte baseado na realidade do aluno e da arte contemporânea.

Desejo sucesso a todos!

abços.

Ivone Bins

Mirca Izabel Bonano

Caríssimos Professores

Boa Tarde!

Estamos com alguns problemas de ordem técnica (mudança de servidor do Instituto Arte na Escola) mas em alguns dias tudo estará solucionado.

A CONFAEB  iniciou esta semana teremos muitas novidades!!!!

Abraços,

Mirca Bonano

Carlos Cartaxo

Sucesso Yta!

Que o ConFAEB seja iluminado. Dê, por mim, um grande abraço no nosso ilustre presidente José Mauro.

Beijos

CC

Itamar Alves Leal dos Santos escreveu:

BUAAAAAAAAAAA...

mandei resposta para duas mensagens, no dia que o Cartaxo mandou a mensagem, e nenhuma pareceu... buaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa..... quero encontrar minhas mensagens, pois sou 'boba' e digito diretamente no ambiente, e nao fico com registros... buaaaaaaaaaaaaaaa (buaaaaaaaaaaa....)

Cartaxo, já estou aqui em Floripa.

Abraços

Yta

(socorro Monica, ache por favor minhas mensagens)



Eliane Cristina Alves

GOSTARIA DE SABER SE O CONGRESSO É ANUAL,OU NÃO.

ELIANE

Eliane Cristina Alves

quero associar a federação ,como posso fazer.

ELIANE-CUIABÁ

Prof. Dr. Raimundo Martins

Olá pessoal

Por motivos pessoais não pude participar este ano do Confaeb, mas gostaria de saber, de quem foi, o que achou...

Respondendo a uma dúvida surgida, o congresso é sim, realizado anualmente. Existe uma rotatividade de locais e já houve ano em que, infelizmente, ele não foi realizado. Sempre vale a pena entrar no site oficial para se inteirar do que já foi feito pela Federação. Aí vai o link:

www.faeb.art.br 

Abraços a todos

Silleny Maria Gomes Pinto

olá, meu nome é silleny , sou estudante da UFMA ( formanda) leciono no projeto de extensão da ufma "terreiro em festa" e  no peti - pólo vila nova.

eu como estudante sempre participei de encontros estudantis - ENEARTE - e o CONFAEB e procuro incentivar a todos a participarem devido a imporancia par o nosso desenvolvimento proficional, infelizmente não pude ir por motivo pessoais mais com cereza irei no proximo.

por acaso onde será o proximo?

Itamar Alves Leal Dos Santos

Eliane, o Congresso é Anual. Pelo menos procuramos fazer o congresso todos os anos.

O próximo está previsto para o Nordeste, no CE, na região do Cariri. Já nos colocamos à disposição para tentar conseguir apoios para a realização do congresso naquela região.

Abraços

Yta

Itamar Alves Leal Dos Santos

Eliane, vc perguntou: "quero associar a federação ,como posso fazer."

Por enquanto, pelo Estatudo da FAEB, as pessoas devem se associar às Associações em suas cidades ou Estados, e estas é que fazem a filiação à FAEB.

No Congresso da Faeb, agora de Florianópolis, foi criada uma comissão / equipe, para verificar a possibilidade da mudança do Estatuto, principalmente no tocante a filiação e a manutenção da Federação.

Ainda não temos os resultados, foi elaborado todo um cronograma, para que possa ser cumprido.

Abraços

Yta

Itamar Alves Leal Dos Santos

Silleny, o proximo está previsto para acontecer ai na região Nordeste, no Ceará, no Cariri. O pessoal apresentou a proposta, e estão elaborando o projeto para entregar à diretoria da FAEB, agora no inicio do ano. Só então poderemos confirmar a realização e o local.

Abraços, menina.

Yta

Carlos Cartaxo

Yta, Silleny e demais iluminadas  e iluminados

Essa região do Cariri nordestino é maravilhosa. Crato e Juazeiro, são duas cidades do Ceará coladas, culturalmente riquíssimas e têm um curso de arte muito interessante, inclusive tem um Pólo Arte na Escola que até onde sei, é bem ativo. Por sinal, o Pólo foi decisivo, na criação recente das outras licenciaturas, pois só havia Artes Visuais.

Se o ConFAEB for lá, será muito bom porque a FAEB estará descobrindo o interior do Brasil, coisa que Mário de Andrade já fez algumas décadas atrás.

Parabens a todos

CC

Itamar Alves Leal dos Santos escreveu:

Silleny, o proximo está previsto para acontecer ai na região Nordeste, no Ceará, no Cariri. O pessoal apresentou a proposta, e estão elaborando o projeto para entregar à diretoria da FAEB, agora no inicio do ano. Só então poderemos confirmar a realização e o local.

Abraços, menina.

Yta



Prof. Dr. Raimundo Martins

Oi Yta, Cartaxo e todos os demais participantes,

Obrigada por todas as informações.

Hoje estive conversando com o professor Raimundo Martins, que esteve no Confaeb e ele acredita que o evento será no Cariri mesmo.

Quando à questão de como se associar a Federação ele me disse que uma das atribuições da comissão formada agora em Floripa é tentar viabilizar o ingresso à Faeb diretamente, sem passar pelas instâncias regionais.

Existe uma previsão para março de 2008 para que esta comissão já apresente algumas propostas e a expectativa é que o novo estatuto seja aprovado no próximo congresso.

Abraços

3666 visualizações | 37 respostas Faça login para responder