Forum
Elizabete Lucas Machado
Olá Luciano, é um grande prazer tê-lo participando do fórum, percebi que está bem seguro quanto seus objetivos. Tem um projeto em mente e está interessado nas dicas do material arte br. Se me permite gostaria de lhe indicar um livro. Foi através dessa de aulas com a Professora Doutora Anamélia Bueno Buoro que descobri essa metodologia, e aplico, como as outras colegas tutoras, em sala de aula. É uma metodologia que funciona mesmo... nos dá uma liberdade muito grande de fazer mediações entre passado e presente de uma maneira leve e interessante para o aluno. Aproximando-o do universo da Arte. Seu interesse por conhecer museus aumenta consideravelmente. O Olhar em Construção: Anamelia Bueno Buoro / Cortez Editora Quanto aos seus trabalhos, não nos deixe de informar. Vá em Sala de Aula - Relatos de Experiências e Galerias dos Alunos nos conte o que está fazendo e mostre-nos seus trabalhos. Não deixe de netrar em contato. Abraços.
Vênera A. Martins De Matos
Luciano, seja bem ao nosso fórum. è muit legal ter contato com os projetos desenvolvidos pelos professores que tem interesse em trabalhar as questões da arte com os alunos. O material é muito rico. Lembre-se que ele é um material de pesquisa para o arte educador, podendo em muitos momentos dialogar com outros materiais.Mande-nos os seus projetos para que possamos trocar idéias sobre eles. Estaremos aqui plugadas esperando.. Um abraço
Vênera A. Martins De Matos
Claudia, boa tarde. Muito legal perceber seu entusiasmo com o material. O caderno que você escolheu é barbaro. O projeto do Lucio Costa realmente dá margem a muitas discusões. Tenho uma sugestão para te dar, pensando em um projeto que desenvolvi na minha escola e que foi muito legal. Trabalhamos a questão da cidadania no seu espaço, que no caso é a periferia. Foi construído um projeto interdisciplinar com Português e Informática, onde trabalhamos com esta prancha do Lucio Costa, fazendo a leitura da obra seguindo os passos da metodologia. Foi lido um dos textos do livro "cidades invisíveis" de Calvino, onde a cidades são imaginárias. Foi solicitado então que criassem uma cidade imaginária partindo das referências que tinham enquanto bairro que moravam. Construíram um texto. Posteriormente, criaram uma planta dessa cidade. Dialogamos então com outros dois artistas que são Aldir Mendes de Souza e Cristiano Mascaro, que trabalham em uma das fases de suas obras a cidade de São Paulo. A partir daí criaram um desenho da cidade imaginária, t4ndo como referência a obra dos três artistas. Fizeram então um livro virtual. Passando o desenho para o paint brush e digitando o texto. Criamos então um livro virtual, com imagens baseadas nas obras dos artistas. Tivemos os relatos dos alunos durante o processo, e depois do livro pronto, voltamos as obras lidas anteriormente. Foi muito surpreendente o resultado, pois a leitura das imagens feitas depois foi muito mais ampla , e que muito mais profundidade. Lembre-se descrever, analisar e interpretar são sempre importantes durante todo o processo. Espero tê-la ajudado. Mande-nos seus projetos para que possamos trocar mais idéias... Um abraço
Vênera A. Martins De Matos
Oi Beilmira, que turma animada hein?? Seus alunos parecem super estimulados e curtindo o processo desenvolvido por você. Parabéns. Assim como a Bete, fiquei feliz em ter sua foto, pois assim , quando estivermos escrevendo para você , teremos um rosto para direcionar. Que legal, você agora ficou mais intima .... Mande-nos as imagens dos trabalhos, para que possamos ver. Estamos curiosas, pois vendo a sua turminha, já deu para perceber que eles são ótimos. Um abraço
Maria Rosa Mazza Chiaravalloti
Olá Maisa,tudo bem?É bom ter notícias de você e as inseparáveis Brígida e Gislene. A participação de vocês naquele curso foi muito dezzz!!! E aí como foi voltar para a sala de aula depois do curso e com o material nas mâos? Escreva um pouco sobre as experiências que você já teve com os seus alunos, se já usou o artebr, conte como foi. Saudades de vocês, aqueles olhares tantas vezes cumplíces e aos mesmo tempo inquietos por aprender sempre mais, confirmando algumas coisas e buscando outras.É muito bom reatar contato com vocês!Beijos à você e a Brígida e Gislene! Aguardo um retorno, convide as outras meninas para entrarem no forum, participarem também conosco, estou curiosa para receber notícias e saber como estão atuando nas suas escolas.
Belmira Amorim Salvador De Paiva
Elizabete,olá .Sim eu sou a de azul...prazer também! Bem eu sei que todos estão anciosos pelas fotos, imagens dos trabalhos dos alunos, mas estamos caminhando e em breve já teremos, enquanto isso ficamos mais próximos com a visualização do grupo; Inclusive este ano estamos procurando otimizar esta questão de regristro das imagens e das experiências , com fotos de todas as etapas do processo; Assim como também a arte final dos trabalhos apresentados, mais capricho e cuidado no produto final...Temos duas turmas já iniciando a atividades plásticas, tivemos as propostas das atividasdesd para as equipes e nesta semana começaremos os esboços e as pesquisas e possibilidades de materias. Esta questão do corpo vidente e visível envolve a todos nós que agora podemos ser vistos por vocês que participam deste forum, ñ é!!! Que interessante! E todos estão acompanhando as emoções do processo passo a passo!!!!!! na terça teremos mais 4 equipes apresentando colagem musical. até agora foi muito bom. Até breve. beijos.
Belmira Amorim Salvador De Paiva
Olá vênera, vc viu que turma bonita, estão todos orgulhosos por estarem participando de forma tão positiva com as obras da pasta arte BR. Então após estas primeiras imagens, estamos providenciando as das atividades realizadas. As equipes estão começando os esboços, seguindo as idéias dos cadernos, inclusive com carvão, para realizar os painéis da próxima etapa. É muito interessante poder dividir estas experiências e emoções com vcs!!!!! Pode acreditar é muito bom. Beijo para a Eliana , Rosa e a Janete de Jundíai . Beijos Vênera. até breve.
Maria Rosa Mazza Chiaravalloti
Olá Claudia,seja bem vinda! Ao ler o seu relato deu para perceber que você está envolvida com o material e estimulada para desenvolver um bom trabalho. Parabéns pela coragem,você iniciou com "pranchas "muito fortes quanto ao significado que elas possam suscitar, principalmente porque permitem um aprofundamento, abordagens distintas, porém muito interessantes se "conectadas", possibilitam inúmeos caminhos a serem perseguidos, da sobrevivência humana aos sonhos ,construções e solidão de cidades. Que cidades são essas? Da maravilhosa, passando pela poética ou feia, dependendo do "olhar" à ideal... que compõe o nosso imenso Brasil, que pés são esses? que cidadão é esse, que caminhos e caminhantes existem nesse Brasil afora, sem contar que iniciar com a imagem do "Plano Piloto de Brasilia" hoje, inevitavelmente é tocar numa grande ferida social e política que vem se alastrando diante dos últimos acontecimentos que o País enfrenta. Eu não sei por onde você vai caminhar ,talvez tenha que abrir com os alunos as diversas maneiras de explorar o material, pecorrendo o ontem, o "hoje"?, sentindo o que mais emerge como necessidade de pesquisa, ao mesmo tempo voltando as pranchas e refazendo as "leituras", percebendo e descobrindo o que ainda estava "velado." Você pode com um movimento de reflexôes saindo e voltando às imagens, fazendo paralelos da arte com a realidade descobrir com os alunos o que é mais emergente como foco de interesse e este ser o "norte" do seu projeto. A partir daí ,com certeza as idéias das linguagens que vão compor, a expressão, o material, vai se desencadeando e fluindo, pois os temas que você esolhe para fazer um paralelo são muito férteis de idéias e sentimentos.Vá em frentee boa sorte! Escreva, eu quero acompanhar o desenvolvimento do seu trabalho! Beijos.
Eliana Tumolo Dias Leite
Olá Belmira, obrigada pelas palavras tão gentis, finalmente pude conhecê-la, quero dizer, com a foto ficou ainda melhor. Que turminha bonita mesmo e animada! Gostaria de poder estar ai juntinho para compartilhar com vocês. Adorei as fotos, mande uma grande e fraterno abraço a todos alunos por mim. Não deixe de nos mandar os relatos deles, gostaria de ler a música que fizeram, os trabalhos de arte visuais, enfim estou muito curiosa para ver tudo o que estão fazendo, ok? Parabéns a todos, pelo empenho e dedicação. A arte realmente nos motiva. Abraços a todos!
Clair Maria Roccia
Oi, Elizabete e Eliana, gostei muito das dicas que vocês me deram, mas tenho uma dúvida, ainda: De que forma poderei registrar o trabalho desenvolvido com os alunos? Vou trabalhar com a leitura de imagens( como fazer o registro dessa leitura?) e a releitura, que outros materiais voces sugerem, além de sulfite, giz de cera, lápis de cor, pois a escola onde trabalho está inserida numa comunidade muito carentee muitas vezes tenho que levar tudo. Obrigada ... beijos ps* estou trabalhando iniciação musical com alunos de 5ª, 7ª e 8ª série , sons que podemos fazer com o corpo em ritmo de funk, rap, samba, conhecendo instrumentos musicais, construindo outros com sucata e gostaria de saber como poderei registrar esse trabalho além das fotografias, da filmagem ? Para ser mais objetiva: como escrever? o que é mais relevante? Perdoem-me, não sei se fui clara!? Obrigada, mais uma vez Beijos .... Clair
Eliana Tumolo Dias Leite
Clair, que bom que está gostando de participar conosco dessa conversa. Quanto aos registros, você poderá fazer a descrição da obra com eles, e no final do processo elaborar uma narrativa do percurso e comparar. Como você mesmo coloca, está trabalhando com a figura do “touro”, como eixo norteador de estudos, na questão (histórica, política e social), dando a seus alunos possibilidades de leitura de mundo, perpassando pela linha do tempo, conhecendo e estudando fatos e acontecimentos e principalmente contextualizando estes conteúdos posto nas obras de artes e mídia da TV. Os registros de percurso poderão ser feitos por fotos, filmes e até mesmo um produto final visível, dessa coletânea de informação, como uma nutrição estética, com imagens e material coletado pelos alunos, depois em grupo poderão elaborar a síntese estética, que poderá ser feita em um suporte utilizando a reciclagem e a técnica da papelagem, para fazer a tela; (vá colando folhas de jornal abertas unindo-as com cola (que poderá ser inclusive feita de água e polvilho azedo no fogo, igual a de pipa), se tiver possibilidades com cola branca, passe uma demão de tinta látex sobre as folhas, (sobras de tintas que os alunos poderão ter em casa), deixe secar. Vá colocando até que fique com uma grossura adequada. Esta tela fica incrível. Depois é só deixar os alunos usarem e abusarem da criatividade. Vale a pena tentar. Após terminarem os trabalhos faça uma exposição, volte a fazer a leitura das obras da pasta arte Br que iniciou o projeto, peça aos alunos que escrevam sobre a experiência, este é um grande registro de percurso. Há! achei legal a inicialização musical, veja no que pode aprovietar para trabalhar com eles nessa expressão corporal e sonora.Beijos...
Elizabete Lucas Machado
Clair, só complementando as informações da Eliane, que foram excelentes. Considero suas dúvidas pertinentes. Os alunos, e muitas vezes nós, temos dificuldades em relatar o nosso trabalho. Aquele costume que a adolescente tem de fazer seu diário, deveria ser levado muito a sério, pois perdemos o hábito de relatar nossas experiências diárias. Em artes, o negócio piora, pois já ouvi de alunos - mas devemos escrever nas aulas de artes? Não estamos perdendo tempo? ou Em artes não é só desenhos ou coisas assim?. Na realidade é uma experiência muito agradável e substantiva. Acrescenta muito no resultado final. Antes de fazer a leitura, entregue uma folha de sulfite para o aluno e peça apenas para que fique olhando a obra entre 3 e 5 minutos, quietos no mais absoluto silêncio. Depois, ainda em silêncio, peça para que escrevarm tudo o que viram ( ver objetivamente, não o que acham) bem detalhado, depois, Analisando, enfocando o conteúdo plástico (formas, cores, movimento, harmonia, luz e sombra, você mesmo pode dar essa orientação durante a escrita) em seguida interpretando. Está aí um modo simples de relato, onde acabam saindo textos cômicos, ora dramáticos, pois, os alunos podem, inconscientemente ,identificar-se com trechos da obra, alimentar suas experiências e fantasiar na hora da interpretação, fica muito interessante. Se achar conveniente, pode pedir para que alguns alunos leiam o que escreveram, a turma acaba dando muita risada. Guarde esse material. Antes da exposição desse projeto, você pode fazer o marketing dela, com esses textos. Se tiver condições para imprimir ou não, peça para os alunos escreverem com letras bastão, bem visível , em metade de uma cartolina, recortar bem diferente, colorir o fundo, escolha textos da leitura da obra e cole nos locais por onde os alunos andam, ou na entrada. Jogue esses pequenos textos aleatóriamente, como chamadas para a exposição, e embaixo deles coloque algo assim, - você que saber do que se trata, então, aguarde noss mostra de artes...... os alunos da escola ficarão super curiosos para seus trabalhos. Na releitura, sugira uma redação em conjunto com a professora de português. Na própria sala de aula, ou no local da exposição. Os donos dos trabalhos serão os expectadores, sentado diante de sua produção. Ele poderá escrever sobre eu trabalhos, (percurso, dúvidas, certezas, confiança, inseguranças) ou sobre o trabalho de um colega...... Claro que todos esse processo de escrita não precisa ser repetido TODA vez que vai ler uma obra, isso vai de acordo com seus objetivos e proposta, mas o interessante é o aluno perceber que ARTES, é uma disciplina como qualquer outra, É ANTES DE TUDO UMA LINGUAGEM, que tem conteúdo e objetivos, independente da área (como música ou dança), escrever pode e deve ser um hábito. Ex: (Hoje nós tivemos aula de música, fazer sons com o corpo, no início achei chato, mas depois......) Espero tê-la ajudado . Abraços.
Elizabete Lucas Machado
Olá Paulo, é um grande prazer tê-lo no fórum. Realmente, ficamos contentes, que mesmo na correria do dia-a-dia, pessoas como você busquem novos caminhos de pesquisa e trabalho em Artes. Bem antes de tudo gostaria de lhe indicar a leitura de um livro para que você entenda bem a filosofia do material arte br. Há quase 10 anos temos contato, aulas, com a Doutora que nos orientou e coordenou a elaboração desse material. Leia, você vai se situar melhor no passo-a-passo da leitura de imagens, que é muito importante nesta proposta. Olhar em Construção. Anamélia Bueno Buoro. Editora Cortez. Bem, esse material pretende fornecer subsídios para seu trabalho de leitura de imagens em sala de aula. Veja, ele á apenas um parâmetro. Você não precisa ficar limitado a esse material. Apesar de lhe oferecer muitas possibilidades para um excelente projeto. 1º Você já tem idéia, tema, assunto para um projeto? Qualquer assunto é viável para o trabalho de artes, você até pode trabalhar integrando outras disciplinas, (usando esse material, normalmente os professores de outras áreas ficam muito motivados). 2º escolhido o assunto procure com atenção nas pranchas imagens que façam sentido para o projeto e siga os passos sugeridos no caderno da mesma cor das pranchas e cartões, eles dão algumas sugestões de atividades, utilize-as como fonte inspiradora para você criar suas próprias atividades. Claro, você pode mesclar outras pranchas, imagens externas (livros, internet, outdoors, cartazes, tv). Depois disso, como já falei, a leitura é muito importante, (você terá mais aprofundamento na leitura indicada); a releitura do trabalho final do aluno também deve ser realizada com segurança para que ele entenda e digira todo percurso proposto. Esse é o início de nossa conversa, antes de tudo pense em um assunto para seu projeto, um tema, e objetivos e, observe todo o material que tem nas mãos. Escolha as imagens, leia o respectivo caderno com atenção. Vá anotando todas as idéias de atividades. Aí voltamos a conversar. POR FAVOR, anote todo o processo de trabalho e criação, para que você possa relatar-nos. Nós queremos aprender com suas experiências, pois, também passamos pelas mesmas dúvidas e receios. Seu relato pode ser esclarecedor para muitos professores. Espero tê-lo ajudado a dar o primeiro passo, continue escrevendo, pois será um prazer, para nós tutoras, colaborarmos com seu trabalho. Até mais, abraços. Ps. Nas respostas acima você também encontrará resposta pertinentes às suas dúvidas.
Eliana Tumolo Dias Leite
Oi Paulo, a Beth já deu algumas sujestões de como iniciar o trabalho e principalmente a pasta arte br. Dê uma lida nos cadernos de estudo e nas obras, veja que tudo tem um porquê. As cores, os desenhos, as obras que estão no mesmo grupo, enfim o material foi planejado para ser utilizado em sala de aula incorporado ao seu propjeto de forma a dialogar e acrescentar conteúdos e principalmente ver e entender a obra como um texto cheio de sentido. O material está baseado na semiótica gremaziana e teve a preocupação de escolher 36 obras contemporânea nacionais e que sempre uma delas esteja exposta em um Museu Nacional. Existem 12 passos da metodologia para se ler uma imagem, ao qual os cadernos nos dão uma excelente dica de como trabalhar a leitura (VER / PERCEBER / DESCOBRIR / ESTABELECER RELAÇÕES) são passos imprescendíveis para a leitura e compreensão do texto na obra.é legal esse olhar para as obras e saber dialogar com outras linguagens e disciplinas é fundamental para efeito de sentido e conhecimento. Tente pegar um dos cadernos que mais esteja dentro do tema que queira trabalhar, estude o material do caderno da mesma cor e depois estabeleça relações com as linguagens para ampliar o conteúdo dos alunos.No final dos cadernos de estudo tem dicas de algumas disciplinas e o que trabalhar... Veja e depois volte a nos relatar e tirar suas dúvidas, ok? Muito bom ter você aqui conosco, aguardamos seu retorno. Abraços...
Belmira Amorim Salvador De Paiva
Olá Eliana, tudo bem? Tivemos hoje as últimas apresentações das colagens musicais, foi muito interessante; Nós gravamos em fita de vídeo, quero saber como fazer para enviar para vc, por correio( preciso do endereço) ou via DE. Sabemos que sempre podemos melhorar , mas acho que já foi bárbaro esta primeira experiência de apresentar , filmar e fotografar, tudo feito pelos alunos. Aguardo resposta pra te enviar, inclusive letra das músicas. beijos pra todas.Obrigado.
12784 visualizações | 205 respostas Faça login para responder