Sala de Leitura
Artigos

Os Artigos aqui apresentadas são de responsabilidade de seus respectivos autores. O Instituto Arte na Escola propõe sua leitura como fonte de pesquisa e estudo.

Arte, só na aula de arte?

RESUMO – A pergunta que dá título ao artigo é o mote da conversa que o texto deseja compartilhar. O convite é para percorrer trajetos em encontros com a arte, com a palavra “estética”, com a potencialidade da arte contemporânea, com o “olhar de missão francesa” que teima em considerar a arte como expressão da beleza. No percurso, a proposição da leitura de uma imagem incompleta, tenta provocar idas e voltas conceituais na percepção do próprio ato de leitura oferecida como curadoria educativa na processualidade da mediação cultural. Declanchar, tirar a tranca. Não será esta a tarefa maior da mediação cultural: abrir o que estava travado, libertar o olhar amarrado ao já conhecido para ver além? Não será este o sentido da educação estética? Os territórios de arte de arte & cultura, instigando o pensamento rizomático, não seriam nutrição estética para ir além das obras de arte conhecidas e das biografias dos artistas? Na ampliação de horizontes, cabe ao leitor a resposta: Afinal, arte, só na aula de arte?


MARTINS, Mirian Celeste Ferreira Dias. Arte, só na aula de arte? = Art, only in the art class? Educação, Porto Alegre: PUCRS, v. 34, n. 3, p. 311-316, set./dez. 2001. Disponível em: <http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/viewFile/9516/6779>. Acesso em: dez. 2012.

Comentários Deixe o seu comentário

  • Roseli Alves, 11:39 - 05/12/2012
    Imperdível este texto. Somos sim mediadores culturais. O senso estético também é uma construção, portanto passível de transformação continua. Provocar experiências estéticas e espaços de conversação sobre cultura e arte cabe em diferentes contextos.
  • ALVA AMARAL, 10:29 - 18/05/2019
    ARTE É O FIO CONDUTOR DA APRENDIZAGEM. ALGO DEVE DESPERTAR NAS PESSOAS, ALGUM DESEJO OU INTERESSE. NO CASO DO ENSINO, O PROFESSOR É O RESPONSÁVEL POR SER, NA SUA POSTURA E ATITUDES, ARTES VIVA. DE ALGUÉM QUE QUER E TEM PRAZER EM ENSINAR. ESSE SER, INSPIRA, ATRAI O DESEJO DE APRENDER DAQUELE QUE É ENSINADO. TORNANDO-SE CAPAZ DE DE TAMBÉM SER ESSA PESSOA INSPIRADORA, QUE FAZ E FAZ FAZER SÓ PELO "SER".

Deixe o seu comentário

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório.




Envie seu artigo

Compartilhe o seu conhecimento adquirido durante sua pesquisa.

Faça o login para enviar seu artigo

Filtrar artigos

Ver todos os artigos