Login

A Arte e a Educação são transformadoras e devem ser reconhecidas!​

O Prêmio Arte na Escola Cidadã é o maior prêmio de arte-educação do Brasil, voltado exclusivamente para professores de Arte.

Para identificar projetos transformadores no ensino de Artes, o Prêmio faz um mapeamento de trabalhos desenvolvidos em escolas das cinco regiões do país.

A lista de projetos finalistas será divulgada no dia 13 de julho. No dia 21 de julho acontecerá a 

Conheça os professores premiados em 2022!

O PRÊMIO ARTE NA ESCOLA CIDADÃ MAPEIA, RECONHECE E VALORIZA PROJETOS EM ARTES DESENVOLVIDOS EM TODO O PAÍS.

Hoje, o Brasil tem mais de 500 mil professores lecionando Artes na Educação Básica. O Prêmio tem a missão de incentivar esses professores, dando visibilidade para projetos que guardam em si a potência de transformar alunos, cidadãos, comunidades.

QUEM PODE PARTICIPAR:

Professores ou equipes de professores que desenvolveram projetos envolvendo uma ou mais linguagens artísticas (música, teatro, artes visuais, dança). Os projetos devem ter sido realizados nos anos de 2019, 2020 e/ou 2021, em escolas de ensino regular, públicas ou particulares, de todo o território nacional.

QUANDO:

As inscrições da Fase 1 do Prêmio ficaram abertas de 03 de março a 03 de abril de 2022.

A lista de projetos finalistas será divulgada no dia 13 de julho.

foto-do-artista

Roberta Estrela D’Alva é uma atriz-MC, cantora, diretora, pesquisadora…
Sua presença como artista percorre uma miríade de caminhos.

Roberta faz parte – e foi uma das fundadoras – do Núcleo Bartolomeu 

de Depoimentos, uma companhia que mistura Hip Hop e Teatro. O Hip 

Hop em si já traz muitas linguagens: dança, música, artes visuais,

performance. Mas o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos conseguiu

criar uma expressão própria dentro desta multiplicidade. O Teatro Hip 

Hop é, enfim, um conceito originalmente brasileiro e quer decolonizar 

pensamento

Roberta faz parte – e foi uma das fundadoras – do Núcleo Bartolomeu de Depoimentos, uma companhia que mistura Hip Hop e Teatro. O Hip Hop em si já traz muitas linguagens: dança, música, artes visuais,

performance. Mas o Núcleo Bartolomeu de Depoimentos conseguiu

criar uma expressão própria dentro desta multiplicidade. O Teatro Hip Hop é, enfim, um conceito originalmente brasileiro e quer decolonizar o pensamento

foto-do-artista