Sala de Leitura
Sugestão de livro

Atenção! Não realizamos empréstimos, doações ou comercialização das publicações indicadas neste site.

Reflexões sobre o ensino da arte

Acompanhar as transformações pela qual passam os pressupostos filosóficos e metodológicos na área da arte-educação não é tarefa fácil. Foram várias as tendências que influenciaram o ensino e a aprendizagem da arte ao longo da história. Os próprios conceitos de arte e de ensino modificaram-se com o passar do tempo. Não é à toa que a compreensão desse processo é um dos principais problemas enfrentados pelos professores dessa área.

Nesse contexto, surgiu a idéia da criação de um curso de pós-graduação que pudesse oferecer elementos teóricos que fundamentassem a prática pedagógica, tendo em vista as concepções contemporâneas de arte-educação. Idéia que também segue as novas orientações da educação nacional, através dos Parâmetros Curriculares Nacionais (PCNs), relacionadas ao ensino da arte. O curso, implantado em 1997 numa parceria entre a Univille (Universidade da Região de Joinville) e a Furb (Universidade da Região de Blumenau), deu origem ao livro Reflexões sobre o ensino das artes, lançado pela Editora Univille.

O livro apresenta dez artigos, elaborados por alunos e docentes do curso, incluindo textos de Sílvia Sell Duarte Pillotto e Marilene de Lima Körting Schramm, professoras de metodologia do ensino de artes plásticas e organizadoras da obra. Na apresentação, elas alertam para a base desse trabalho: a troca de conhecimentos e a socialização democrática dos saberes científicos e humanos. No âmbito propriamente da arte-educação, a idéia, segundo as autoras, é fornecer ferramentas para se refletir sobre os atuais paradigmas da arte no contexto da escola. Dessa forma, os textos tratam de temas diversificados, passando pela linguagem da música, do teatro, da dança e das artes visuais.

Alguns artigos presentes em Reflexões sobre o ensino das artes também fornecem pistas para se pensar conceitos e tendências pedagógicas envolvidas no ensino-aprendizagem da arte, além de apontar idéias para a atuação do professor como mediador e para a questão da avaliação. Diante de tantas idéias, pode-se apreender duas das quais o professor de arte precisa partir para pensar todo o restante. Primeiro, cabe a ele o papel de desafiar e não afirmar verdades absolutas. Segundo, é necessário conhecer e entender a história para que ele se veja como sujeito do processo histórico e tenha uma ação transformadora no ensino da arte. Nesse sentido, o estudo das tendências pedagógicas mostra que nenhuma delas é neutra e que cabe ao professor ficar atento para fazer as suas escolhas. O ponto final, no entanto, é um só: perseguir a meta de desenvolver um cidadão capaz de pensar e, principalmente, de sentir, de aprender no sensível a ser cada vez mais humano.

Autores: Vários. Organização de Sílvia Sell Duarte Pillotto e Marilene de Lima Körting Schramm - Editora: Univille

Comentários Deixe o seu comentário

  • Nenhum comentário foi encontrado para o conteúdo acima.

Deixe o seu comentário

Os campos assinalados com (*) são de preenchimento obrigatório.




Indique um livro

Indique a publicação que gostaria de divulgar na Sala de Leitura. A sugestão será analisada e poderá ser publicada.

Faça o login para sugerir um livro

Filtros de livros

Ver todos os livros